Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Governo quer intermediar diálogo da Americanas com trabalhadores, diz ministro

Segundo Marinho, objetivo é proteger o lado mais fraco nas negociações; rede tem 44 mil empregados

Economia|

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, afirmou que vai intermediar negociações
O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, afirmou que vai intermediar negociações O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, afirmou que vai intermediar negociações

O governo deve criar uma mesa redonda para intermediar os diálogos entre a Americanas e os trabalhadores da companhia, disse nesta terça-feira (31) o ministro do Trabalho, Luiz Marinho, argumentando que órgãos responsáveis serão acionados se for constatado que houve fraude na contabilidade da empresa.

“Eu não posso afirmar que houve fraude, mas que tem cheiro, tem”, disse.

Marinho afirmou, durante entrevista para comentar os dados de emprego formal de 2022, que o objetivo do governo é proteger o lado mais fraco nessas negociações, mencionando que a Americanas tem 44 mil empregados.

“Trabalhadores são vítimas desse processo, [...] não vi ninguém falando de preocupação com o emprego dos trabalhadores”, disse.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.