Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Indicador Antecedente de Emprego atinge o maior nível em dez meses

Alta do índice utilizado para antecipar os rumos do mercado de trabalho no Brasil ainda é tímida perto da desaceleração recente, afirma FGV

Economia|Do R7

IAEmp figura aos 78 pontos, mostra FGV
IAEmp figura aos 78 pontos, mostra FGV IAEmp figura aos 78 pontos, mostra FGV

O IAEmp (Indicador Antecedente de Emprego), índice utilizado para antecipar os rumos do mercado de trabalho no Brasil, subiu 1,2 ponto em julho, para 78 pontos, maior nível desde outubro de 2022 (79,8 pontos), mostram informações divulgadas nesta quinta-feira (3) pela FGV (Fundação Getulio Vargas).

Para Rodolpho Tobler, economista do Ibre (Instituto Brasileiro de Economia), o resultado parece dar sinais mais favoráveis com a segunda alta consecutiva, após o indicador passar a primeira metade do ano oscilando próximo dos 75 pontos.

"Ainda é um movimento tímido perto da desaceleração observada no final de 2022, mas parece que a melhora no ambiente macroeconômico tem sido favorável para as perspectivas de contratação nos próximos meses. A continuidade desse processo é um fator chave, dado que o crescimento econômico é o grande motor para retomada do mercado de trabalho", avalia Tobler.

Compartilhe no WhatsApp

Publicidade

Compartilhe no Telegram

O resultado positivo em julho foi influenciado por três dos sete componentes do IAEmp, com destaque para os indicadores de Situação Atual dos Negócios e Tendência dos Negócios da Indústria que contribuíram com 0,8 e 0,3 ponto, e o indicador de Situação Atual dos Negócios de Serviços, que subiu 0,5 ponto.

Entre os componentes que contribuíram negativamente estão o indicador Emprego Previsto de Serviços com -0,3 ponto, e o indicador Emprego Local Futuro do Consumidor, com -0,1 ponto.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.