Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Latam é multada em US$ 1 milhão nos EUA por atrasos em reembolsos

Órgão americano argumenta que a companhia falhou em voos que saíam do país ou lá entravam durante a pandemia

Economia|Do R7

Latam: passagens a partir de R$ 205 em aniversário de Brasília
Latam: passagens a partir de R$ 205 em aniversário de Brasília Latam: passagens a partir de R$ 205 em aniversário de Brasília

O Departamento do Transporte dos Estados Unidos multou a Latam em US$ 1 milhão. O órgão argumenta que a companhia "falhou rotineiramente ao fornecer reembolsos oportunos aos passageiros para voos" que saíam dos EUA ou entravam no país no período da pandemia.

O departamento destacou que, desde 1º de março de 2020, recebeu mais de 750 reclamações de passageiros sobre atrasos na devolução de valores. "Nossa investigação revelou que, de março de 2020 até pelo menos novembro de 2021, a Latam exigia que os consumidores que solicitassem reembolsos obtivessem primeiro um voucher de viagem e depois o trocassem por dinheiro por meio de transferência bancária", diz ainda a nota.

A partir do fim de 2021, a Latam mudou a política e passou a fazer reembolsos no modelo original na maioria dos casos. Em 24 de maio de 2022, descontinuou a emissão de voucher.

"A Latam levou mais de cem dias para processar milhares de solicitações de reembolso, e, como resultado, milhares de consumidores sofreram danos significativos com o atraso extremo no recebimento de seus reembolsos", afirma o Departamento de Transporte americano.

Publicidade

Em resposta, a aérea diz que, no início da pandemia, teve de cancelar mais de 1.100 voos diários, enquanto o número de pedidos de reembolso quadruplicou em relação aos níveis normais.

A companhia argumenta que, apesar das circunstâncias extremas que ameaçaram a própria sobrevivência da Latam e da força de trabalho significativamente reduzida, sempre honrou sua obrigação de fornecer reembolsos aos passageiros em voos cancelados dos EUA e para os EUA, embora os reembolsos estivessem atrasados.

Publicidade

A aérea informa que, desde o início da pandemia, emitiu mais de US$ 62 milhões em devoluções de voos cancelados saindo dos EUA ou chegando ao país. Para processar as solicitações de reembolso com maior eficiência, a Latam afirma que implementou uma nova plataforma digital para efetuar automaticamente as solicitações de reembolso elegíveis.

Segundo a empresa, foram investidos aproximadamente US$ 2 milhões para implementar a plataforma e mantê-la. A companhia planeja investir um valor semelhante em 2023 para continuar melhorando a experiência do passageiro com o processo de reembolso, de acordo com a nota do órgão americano.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.