Economia Lojas virtuais esperam movimentar R$ 6 bilhões em 24h na Black Friday

Lojas virtuais esperam movimentar R$ 6 bilhões em 24h na Black Friday

Associação Brasileira de Comércio Eletrônico indica mais de 10 milhões de pedidos para a sexta-feira, 26 de novembro

  • Economia | Do R7

Aumento de vendas pode chegar a 25%, segundo estimativa da ABComm

Aumento de vendas pode chegar a 25%, segundo estimativa da ABComm

LUCIANO CLAUDINO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO-16/11/2021

Um levantamento da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) mostra que as vendas do e-commerce terão crescimento de 25% na Black Friday deste ano, que será realizada no próximo dia 26 de novembro, em relação à promoção de 2020. As lojas virtuais do Brasil devem movimentar R$ 6,38 bilhões apenas nas 24 horas da sexta-feira, segundo estimativa da associação.

Saldo positivo já havia sido registrado no ano passado em razão da aceleração digital provocada pela pandemia de Covid-19. Na ocasião, as vendas passaram de R$ 5,1 bilhões.

Ao todo, mais de 10 milhões de pedidos serão concluídos ao longo da Black Friday, com um tíquete médio de R$ 620 — no ano passado, o valor médio foi de R$ 668,70. As categorias informática, celulares, eletrônicos, moda e acessórios e casa e decoração estão em alta no período.

“Mesmo com o avanço da vacinação e a retomada do varejo físico, até os consumidores mais reticentes ao digital já assimilaram a Black Friday como uma oportunidade de encontrar bons produtos com desconto vantajoso”, explica Mauricio Salvador, presidente da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico.

Para a associação, a cada ano a Black Friday mostra por que deve ser considerada a principal data do e-commerce brasileiro.

Últimas