Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Metade das empresas planeja abrir novas vagas de trabalho em 2024

Agronegócio, comércio, tecnologia, energia, saúde e indústria devem liderar contratações, mostra Guia Salarial 2024

Economia|Do R7

Economia melhor favorece expectativas do mercado de trabalho
Economia melhor favorece expectativas do mercado de trabalho Economia melhor favorece expectativas do mercado de trabalho

Mais da metade (55%) das empresas brasileiras está mais confiante em relação a 2024 e 54% delas planejam abrir vagas de trabalho no próximo ano, mostra a nova edição do Guia Salarial 2024.

Conforme o levantamento da consultoria Robert Half, os segmentos que mais contratam e devem continuar em alta são aqueles relacionados com agronegócio, comércio, tecnologia, energia, saúde e indústria (incluindo mineração).

Segundo a pesquisa, a percepção de melhora do mercado de trabalho é atribuída ao aumento da demanda por bens e serviços, à melhora da situação econômica, às oportunidades de expansão, à ampliação do orçamento ou recursos financeiros e à adoção de novas tecnologias.

Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half América do Sul, afirma que as surpresas positivas ao longo de 2023 ajudaram a firmar certo otimismo no mercado de trabalho nacional.

Publicidade

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto

Publicidade

"Se mantivermos essa projeção de gastos fiscais controlados e taxas de juros em queda, a expectativa é que, na sequência, as empresas voltem a aumentar seus níveis de investimento", diz ele.

De acordo com Mantovani, o cenário positivo tende a contribuir para uma redução ainda maior do desemprego, que fechou o terceiro trimestre em 7,7%, a menor taxa desde fevereiro de 2015 (7,5%), equivalente a 8,3 milhões ainda em busca de uma colocação.

“Aparentemente, a expectativa de crescimento ainda não é suficiente para trazer uma grande pressão salarial, mas o comportamento do próximo ano é que vai mostrar isso”, analisa Mantovani.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.