Economia Número de brasileiros que desistiram de procurar emprego cai quase 5%

Número de brasileiros que desistiram de procurar emprego cai quase 5%

Percentual mostra que mais de 200 mil profissionais deixaram de ser desalentados no trimestre encerrado em novembro, diz IBGE

  • Economia | Do R7

 

O número de profissionais que desistiram de procurar uma vaga de trabalho no Brasil por achar que não conseguiriam recuou 4,8% no trimestre encerrado em novembro de 2022.

Com o movimento, a quantidade de desalentados passou a ser de 4,1 milhões, volume com 203 mil pessoas a menos do que no período entre agosto e outubro do ano passado. 

Na comparação anual, a queda é de 16,7% (menos 817 mil pessoas), de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (19) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A categoria reúne aqueles que não estavam ocupados nem procuravam uma vaga no mercado, mas tinham potencial para se transformarem em força de trabalho. 

 

Os números mostram ainda que houve uma redução de 454 mil pessoas (-5,8%) entre os profissionais que formam a força de trabalho potencial no Brasil.

Com o aumento do número de trabalhadores, o nível da ocupação — percentual de ocupados na população em idade de trabalhar — foi estimado em 57,4% no fim de novembro, uma variação de 0,3 ponto percentual frente ao trimestre anterior (57,1%).

 

Últimas