Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Preço médio da gasolina volta a cair nos postos do país , diz ANP

O valor recuou 0,54%, de R$ 5,52 para R$ 5,49, mas a maior queda foi no preço do diesel, de 2,28%

Economia|Do R7

Preço da gasolina comum volta a recuar nos postos
Preço da gasolina comum volta a recuar nos postos Preço da gasolina comum volta a recuar nos postos

O preço médio do litro da gasolina comum nos postos de todo o país voltou a cair na última semana, após a alta no período anterior. O valor recuou de R$ 5,52 para R$ 5,49 — uma queda de 0,54% entre os dias 7 e 12 de maio. A informação é do levantamento divulgado nesta sexta-feira (12) pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Todos os combustíveis tiveram redução de preço nos postos na última semana. Mas a maior foi a do diesel S-10, de 2,28%, que registrou a 14ª queda consecutiva: o valor passou de R$ 5,70 para R$ 5,57 o litro. O preço do litro do etanol também recuou 1,45%, de R$ 4,15 para R$ 4,09.

Nesta sexta-feira, o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, afirmou que a empresa poderá reajustar os valores na próxima semana. "Sim, há chance de reajuste na semana que vem de alguns combustíveis, mas não vou dar 'spoiler'", disse ele em uma coletiva de imprensa sobre os resultados trimestrais da empresa. Na quinta-feira (11), o governo chegou a divulgar que o preço do gás iria cair até R$ 0,15.

Ainda nesta sexta, os dados da inflação oficial divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostraram que o preço dos combustíveis recuou 0,44% no mês de abril, a primeira queda desde dezembro do ano passado (-0,9%).

Publicidade

A variação negativa apurada pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) foi puxada pelos valores mais baixos cobrados pelo óleo diesel (-2,25%), pelo gás veicular (-0,83%) e pela gasolina (-0,52%). Por outro lado, o etanol está 0,92% mais caro.

Após a volta da cobrança dos impostos federais PIS/Cofins sobre os valores da gasolina e do etanol nas refinarias, o preço do combustível chegou a subir 8,33% em março e impulsionou a inflação do período. Esses tributos são repassados ao consumidor final, na ponta da cadeia de consumo.

Passagem aérea e TV por assinatura são vilões da inflação em abril

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.