Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Educação
Publicidade

Conib chama de ‘antissemitas’ três questões do vestibular da Universidade Estadual do Ceará

Confederação Israelita do Brasil fala em ‘improbidade administrativa’ e diz que vai acionar o Ministério Público e a instituição de ensino

Educação|Emerson Fonseca Fraga, do R7, em BrasíliaOpens in new window


Três perguntas foram alvo de questionamento Marcos Santos/USP — Arquivo

A Conib (Confederação Israelita do Brasil) publicou nesta terça-feira (30) uma nota em que chama de “antissemitas” três questões aplicadas no vestibular da UECE (Universidade Estadual do Ceará) no último domingo (28). Segundo a entidade, “diante do absurdo desta situação, que pode configurar tanto ato ilícito quanto improbidade administrativa, a universidade e o Ministério Público local serão oficiados pela Conib e Sociedade Israelita do Ceará”.

LEIA MAIS

As questões

A questão 27 fala da “condução do povo hebreu para a Palestina”. Leia:

Questão 27 do Vestibular 2024.2 da UECE UECE/Reprodução — 28.4.2024

Para a Conib, a pergunta “deturpa de forma maliciosa o texto bíblico sobre o êxodo do Egito, buscando apagar os laços milenares do povo judeu com a Terra de Israel. Como se sabe, Moises conduziu o povo Judeu a Canaã, Terra de Israel. A denominação “Palestina” surgiu muito tempo depois, no Império Romano, não guardando absolutamente qualquer relação com o contexto da questão apresentada. Frise-se que o povo judeu foi escravizado no Egito. Portanto, é verdadeiramente inconcebível utilizar o termo ‘elite judaica’ ao se referir a um povo escravizado, que fugia da perseguição no Egito”.

A pergunta 29 aborda a Segunda Guerra Mundial e o Holocausto, que vitimou milhões de judeus, ciganos e homossexuais. O gabarito da questão, letra ‘c’, sugere que o extermínio não foi racional da perspectiva econômica, já que esses povos poderiam ter sido explorados como mão de obra escrava. Veja:

Publicidade
Questão 29 do Vestibular 2024.2 da UECE UECE/Reprodução — 28.4.2024

Para a entidade israelita, a resposta “ofende e desumaniza, de forma flagrante e irreparável, a memória das vítimas do Holocausto, na medida em que normaliza as atrocidades cometidas contra o povo judeu pelo regime Nazista e aplica um cálculo de custo-benefício para avaliar o genocídio de 6 milhões de pessoas”.

O item 35 aborda o atual conflito entre Israel e o grupo terrorista Hamas. Leia:

Publicidade
Questão 35 do Vestibular 2024.2 da UECE UECE/Reprodução — 28.4.2024

Segundo a Conib, a assertiva “foi construída de maneira tendenciosa e carente de respaldo histórico, distorcendo a definição de Sionismo e instigando preconceitos e estereótipos contra a comunidade judaica”.

O que é antissemitismo

Conforme definição da Aliança Internacional para a Memória do Holocausto (IHRA, na sigla em inglês), “o antissemitismo é uma determinada percepção dos judeus que se pode exprimir como ódio em relação aos judeus. Manifestações retóricas e físicas de antissemitismo são orientados contra indivíduos judeus e não judeus e/ou contra os seus bens, contra as instituições comunitárias e as instalações religiosas judaicas.”

Outro lado

Procurada, a assessoria de comunicação da UECE ainda não respondeu ao R7.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.