Educação Para 89% dos professores, alunos não vão aprender o necessário neste ano, aponta estudo

Para 89% dos professores, alunos não vão aprender o necessário neste ano, aponta estudo

Educadores também apontam falta de concentração e a dificuldade dos estudantes em lidar com os colegas e docentes

Escola definem estratégias para lidar com os estudantes após o isolamento social

Escola definem estratégias para lidar com os estudantes após o isolamento social

Rovena Rosa/Agência Brasil

Com a volta ao presencial em praticamente todas as redes de ensino do país, tanto na educação pública como privada, professores apontam preocupação com o aprendizado. Os dados são da  pesquisa Retratos da Educação pós pandemia: uma visão dos professores, organizada pelo Instituto Península,

O estudo mostra que 92% dos mil professores entrevistados concordam que os estudantes apresentaram dificuldades de concentração no primeiro semestre deste ano e  apenas 11% dos educadores consideram que os alunos conseguirão aprender o necessário para o ano letivo.

A pesquisa também aponta que na percepção de 73% dos professores, os estudantes têm dificuldade no relacionamento em sala de aula com os educadores e colegas. 

Mais da metade dos professores ouvido, 55%, afirmaram que as escolas definiram estratégias para lidar com o período de isolamento social. E para 60%, para aumentar a motivação dos estudantes, é preciso envolver a família e a comunidade escolar. 

Entre as medidas adotadas pelas escolas há a realização de roda de conversa (43%), escuta individual (37%), apoio psicológico (36%) e criação de redes de apoio multidisciplinar (30%) para ajudar os estudantes. 

Quando questionados sobre a atenção recebida, apenas 37% trabalham em escolas que realizam rodas de conversa com os educadores e apenas 21% contam com uma escuta individual. Apenas 10% dos colégios oferecem apoio emocional ou psicológico aos funcionários.

Últimas