Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Educação
Publicidade

Polícia Federal investiga possível fraude durante prova do Enem

No último domingo, participante teria usado celular para ser auxiliado por um professor e obter as respostas às questões

Educação|Do R7

Participantes chegam para a realização do segundo dia de provas do Enem
Participantes chegam para a realização do segundo dia de provas do Enem Participantes chegam para a realização do segundo dia de provas do Enem

A Polícia Federal investiga se um candidato teria usado celular durante a realização das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) no último domingo, dia 28 de novembro. 

Na quinta-feira (2), a PF cumpriu um mandado de busca e apreensão, determinado pela 3ª Vara Federal Criminal de Belém/PA, na casa de um dos participantes, na capital do estado.

Leia também

Durante a prova, no município de Benevides (Pará), o candidato teria tentado obter o auxílio de um professor para conseguir as respostas às questões por meio do aparelho celular. De acordo com informações da polícia, "a tentativa de fraude foi detectada e impedida, e os suspeitos, identificados. A investigação, realizada com celeridade, contou com o auxílio do Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira], responsável pela aplicação do exame".

Durante o cumprimento da ordem judicial, a polícia coletou provas que confirmam a tentativa do participante de obter vantagem indevida no Enem. A PF investiga se houve a participação de outras pessoas na tentativa de fraude.

Os envolvidos poderão responder pelo crime de fraude em certames de interesse público — a pena pode chegar a quatro anos de prisão.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.