Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Eleições 2016
Publicidade

2º turno no Rio: PSDB se declara neutro em disputa, mas libera filiados para apoiar Crivella

Em posicionamento oficial, partido também criticou Psol

Eleições 2016|Do R7

Apesar de criticar o Psol, 26% dos votos que o candidato Carlos Osório recebeu devem ir para o candidato
Freixo
Apesar de criticar o Psol, 26% dos votos que o candidato Carlos Osório recebeu devem ir para o candidato Freixo Apesar de criticar o Psol, 26% dos votos que o candidato Carlos Osório recebeu devem ir para o candidato Freixo

Em nota divulgada nesta sexta-feira (7), o diretório municipal do PSDB se posicionou sobre o segundo turno nas eleições do Rio. O partido decidiu não apoiar oficialmente nenhuma das duas candidaturas, mas liberou seus parlamentares e filiados a apoiarem a candidatura de Marcelo Crivella (PRB).

O PSDB também criticou o Psol, partido de Marcelo Freixo, afirmando que é “antagônico ao projeto político–ideológico do PSOL e seus aliados”.

Apesar de criticar o Psol, 26% dos votos que o candidato Carlos Osório recebeu devem ir para Marcelo Freixo, de acordo com o Datafolha. Segundo levantamento divulgado na quinta-feira (6), 29% devem votar em branco ou anular e 35% escolherão Crivella. Os 10% restantes não souberam ou não opinaram.

Crivella larga na frente

Publicidade

A primeira pesquisa de intenções de voto após o primeiro turno das eleições municipais, divulgada pelo Datafolha, mostra Crivella com 62% das intenções de votos válidos. Marcelo Freixo (Psol) tem 38%.

Considerando as intenções totais de votos, Crivella tem 44% e Marcelo e Freixo, 27%. Brancos e nulos somam 18% e indecisos, 10%.

O levantamento do Datafolha ouviu 1.151 entrevistados na quinta e na quarta-feira (5).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.