Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Eleições 2016
Publicidade

Fim de financiamento empresarial tira R$ 3,2 bi de campanhas eleitorais municipais

Diferença é em relação a campanha de 2012, quando doações de empresas eram permitidas

Eleições 2016|Mariana Londres, do R7, em Brasília

Fim de financiamento empresarial tira R$ 3,2 bi de campanhas eleitorais municipais
Fim de financiamento empresarial tira R$ 3,2 bi de campanhas eleitorais municipais Fim de financiamento empresarial tira R$ 3,2 bi de campanhas eleitorais municipais

O fim do financiamento empresarial de campanhas eleitorais tirou R$ 3,2 bilhões das campanhas, de acordo com dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). As cifras foram passadas em coletiva de imprensa pelo presidente da corte, ministro Gilmar Mendes. 

— Houve uma significativa redução da presença de dinheiro nas eleições. Se esse cenário vai se repetir em 2018, nós não sabemos. 

De acordo com o ministro, em 2012, quando as doações por empresas eram permitidas por lei, as doações somaram R$ 758 milhões no segundo turno e um total de R$ 6 bilhões nos dois turnos do pleito. Já em 2016, os valores foram reduzidos quase que pela metade, com R$ 458 milhões segundo turno e R$ 2,8 bilhões nos dois turnos. 

Proibição de doação de empresas traz desafio para campanhas eleitorais

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.