Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Eleições 2022
Publicidade

Candidato à reeleição, Ibaneis promete construir 3 hospitais no DF

Atual governador afirmou que vai investir em instalações e na contratação de médicos em um possível segundo mandato

Eleições 2022|Hellen Leite, do R7, em Brasília

Ibaneis Rocha, candidato à reeleição pelo MDB, é entrevistado no Balanço Geral DF
Ibaneis Rocha, candidato à reeleição pelo MDB, é entrevistado no Balanço Geral DF Ibaneis Rocha, candidato à reeleição pelo MDB, é entrevistado no Balanço Geral DF

O governador do Distrito Federal e candidato à reeleição pelo MDB, Ibaneis Rocha, disse nesta quinta-feira (11) que vai avançar na construção de três hospitais caso seja reeleito para o Executivo local. Ibaneis foi o quinto entrevistado na série de sabatinas que aRecord TV realiza com os nomes lançados ao Palácio do Buriti. 

Para o governador, a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS) avançou na capital federal, mesmo durante a pandemia de Covid-19, mas ainda é ponto mais sensível de sua gestão. "Nós tivemos que virar o nosso relógio para atender os pacientes da Covid. Isso gerou um prejuízo muito grande, nós temos muitas cirurgias eletivas que estão represadas, mas ontem mesmo publicamos um edital para chamar a rede privada para diminuir essas filas", afirmou.

Segundo o governador, a estratégia para diminuir a espera por procedimentos nas unidades de saúde do Distrito Federal passa pela construção de hospitais e aumento nas contratações de profissionais da saúde. "Chegou a hora do relógio da saúde rodar com mais velocidade." Ibaneis pretende construir o hospitais no Guará, Recanto das Emas e São Sebastião. 

Mobilidade urbana

O candidato também voltou a dizer que há a previsão de integração do transporte público da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride). Na quarta-feira (10), Ibaneis se reuniu com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), para discutir ações de mobilidade urbana.

Publicidade
Ibaneis Rocha é entrevistado durante a programação do Balanço Geral DF
Ibaneis Rocha é entrevistado durante a programação do Balanço Geral DF Ibaneis Rocha é entrevistado durante a programação do Balanço Geral DF

"Existem algumas propostas que estão sendo colocadas na mesa, em parceria com o Governo de Goiás e prefeituras do Entorno. Essas propostas tratam de corredores de ônibus, principalmente para Águas Lindas e Valparaíso de Goiás, para melhorar e trazer esses passageiros para dentro do BRT do Distrito Federal. Fiquei muito feliz com o encontro que ocorreu ontem com o governador Caiado. Começamos a selar a paz, que é importante para os moradores da Ride", afirmou. 

Leia também

O governador também disse que deve concluir o Corredor Eixo Oeste de ônibus, entre o Sol Nascente e a área central do Plano Piloto, e citou a implantação do BRT Norte, para ligar as regiões de Planaltina e de Sobradinho até o Plano Piloto. "Vai facilitar a vida dos moradores."

Publicidade

Assistência social

Ibaneis rebateu as críticas que recebe da oposição na área da assistência social e destacou que, na sua gestão, foram contratados mais de mil servidores para a Secretária de Desenvolvimento Social. 

"É importante frisar que no último ano do governo passado, o atendimento nos Cras [Centro de Referência de Assistência Social] e Creas [Centro de Referência Especializado de Assistência Social] chegava a 150 mil pessoas por ano. Nós atendemos, em 2021, 500 mil pessoas. Isso tudo fruto da dificuldade que enfrentamos durante a pandemia, mas também pela expansão dos serviços públicos que fizemos na área da assistência social", disse.

Publicidade

O governador destacou a criação do Cartão Creche, que atualmente atende a 20 mil crianças, e o programa Vale-Gás. Ele disse ainda que pretende ampliar o número de Restaurantes Comunitários. Atualmente existem 14 unidades no DF: Brazlândia, Ceilândia, Estrutural, Gama, Itapoã, Paranoá, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho e Sol Nascente.

"Quero levar também essa refeição aos domingos, e a proposta do segundo mandato é que tenha alimentação saudável também aos domingos", disse.

Geração de empregos

Como estratégia para a geração de empregos, o governador disse que uma solução pode ser o investimento em tecnologia e logística. "A gente tem que olhar a questão da logística pelo lado do emprego e comemorar os números do desemprego. Em 2019, tínhamos 330 mil desempregados no DF. Hoje, está em torno de 250 mil, que ainda é bom, mas ainda é muito. Precisamos investir na questão da renda e emprego", afirmou. 

O governador acredita que o processo de ocupação do Centro Administrativo do Distrito Federal (Centrad) também pode ajudar a desenvolver as regiões de Ceilândia e Taguatinga. Ontem, o governo distrital se reuniu com bancos e o consórcio envolvido na construção do centro para, segundo o governador, "estabelecer um preço para adquirir" o local. 

"Queremos levar para dentro do Centrad algumas secretarias e diminuir o valor que se paga de aluguel. Acredito muito naquele local como um grande centro de desenvolvimento para a cidade, gerando emprego e renda para aquela região."

Segundo a última pesquisa Real Time Big Data, divulgada no dia 25 de julho, Ibaneis lidera as intenções de voto do eleitor brasiliense, com 35% das intenções de voto.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.