Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Eleições 2022
Publicidade

Valdemar Costa Neto deve se reunir nesta quarta com Tereza Cristina

Presidente do PL vai discutir com ex-ministra possibilidade de ela ocupar cadeira de vice na chapa de Jair Bolsonaro à reeleição

Eleições 2022|Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro e a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina
O presidente Jair Bolsonaro e a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina O presidente Jair Bolsonaro e a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina

O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, deve se reunir ainda nesta quarta-feira (15) com a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina (PP), uma das cotadas para ocupar a cadeira de vice na chapa de Jair Bolsonaro à reeleição na eleição deste ano.

Valdemar é um dos coordenadores da campanha de Bolsonaro. De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, ele vai discutir com Tereza a possibilidade de a ex-ministra ocupar o cargo de vice, apesar de inicialmente ela querer disputar uma vaga ao Senado pelo Mato Grosso do Sul.

A pesquisa do instituto RealTime Big Data divulgada na última terça-feira (14) aponta que Tereza lidera a corrida eleitoral com 28% das intenções de voto. O segundo colocado, Odilon de Oliveira, tem 15%, e o ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta, 12%.

Em entrevista à jornalista Leda Nagle nesta quarta, Bolsonaro comentou a possibilidade de Tereza ocupar a cadeira de vice. "Cotadíssima, excelente pessoa também", disse o presidente. "Eu espero que dê certo, e o vice está praticamente acertado, o nome dessa pessoa. Eu não revelei para ninguém, mas você falou Tereza Cristina. Sim, excelente nome", acrescentou.

Publicidade

Tereza deixou o comando do Ministério da Agricultura em março deste ano, com vistas às eleições. Inicialmente, a ex-chefe da pasta cogitava uma vaga ao Senado pelo Mato Grosso do Sul.

Bolsonaro informou também que o assessor especial e ex-ministro da Defesa Braga Netto continua na disputa para ocupar a cadeira de vice. Em abril, o presidente disse que ele tinha 90% de chance de ser candidato a vice-presidente em sua chapa.

Publicidade

Na ocasião, o presidente afirmou que seu vice seria um homem nascido em Belo Horizonte e que tinha passado por colégio militar, características preenchidas por Braga Netto, nascido na capital de Minas Gerais, o segundo maior colégio eleitoral do país, e general do Exército.

Agora, ganharam força as articulações em torno do nome de Tereza. O encontro com Valdemar ocorrerá na sede do PL em Brasília. A avaliação é de que a ex-ministra pode puxar votos entre as mulheres, entre as quais Bolsonaro tem alta rejeição, de acordo com pesquisas eleitorais. A ex-ministra tem fácil acesso e bom trânsito com lideranças do agronegócio, uma das bases do presidente.

Procurada pela reportagem, Tereza Cristina não se pronunciou. O espaço está aberto para manifestação.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.