Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Fórmula 1: Verstappen lamenta problemas e se preocupa com ‘implicações’ no GP do Canadá

Depois de um primeiro treino livre com direito à granizo em Montreal, Max Verstappen esperava aproveitar os momentos de trégua da chuva...

Estadão Conteúdo|Do R7

Depois de um primeiro treino livre com direito à granizo em Montreal, Max Verstappen esperava aproveitar os momentos de trégua da chuva durante a segunda sessão de atividades para coletar dados importantes para a Red Bull, de olho no GP do Canadá de Fórmula 1, que acontece no próximo domingo. No entanto, um problema no sistema de recuperação de energia no carro do holandês ligou o sinal de alerta na garagem taurina, e o próprio tricampeão mostrou preocupação em relação às implicações que isso pode acarretar para o restante fim de semana.

Para o fim de semana no circuito Gilles Villeneuve, onde a Fórmula 1 desembarcou neste fim de semana para a nona etapa da temporada 2024, o time de Milton Keynes decidiu fazer algumas mudanças na unidade de potência de ambos os pilotos. Assim como Sergio Pérez, o carro de Verstappen foi equipado com novos motores a combustão, MGU-K, bateria e escapamento.

Enquanto tentava completar volta rápida, Max sentiu que algo de errado estava acontecendo com o bólido e alertou a Red Bull, que imediatamente pediu ao neerlandês que se dirigisse aos boxes. Após alguns minutos, jornalistas presentes no circuito confirmaram a informação de que o problema havia sido realmente no ERS. Desta forma, Verstappen teve de abandonar a sessão, encerrando o dia com apenas 14 voltas completadas — dez no TL1 e quatro no TL2.

“Infelizmente, no TL2, não dei muitas voltas. Havia uma suspeita de problema elétrico, então eles me mandaram para os boxes e estão investigando o que aconteceu”, disse Verstappen após o encerramento das atividades. “Ainda não voltei para a garagem, mas tenho certeza de que logo descobriremos o que é”, continuou.

“Gostaria de ter completado mais voltas. Alguns pilotos deram mais voltas em pista seca, e algumas outras voltas agora no molhado. Então, definitivamente, não é como eu gostaria que tivesse sido o TL2. Mas acho que é mais importante descobrir o que realmente aconteceu e que tipo de implicações isso terá para este fim de semana ou para o resto do ano”, finalizou Verstappen.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.