Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após matar 66 vacas e escapar de armadilhas por três anos, 'urso ninja' é sacrificado

Predador feroz foi identificado em 2019 e desde então atormentava os moradores da cidade de Kushiro, no Japão

Hora 7|Matheus Borges*, do R7

Moradores da cidade de Kushiro, no Japão, ficaram aliviados com a captura de um grande urso-pardo, acusado de ser um "matador de vacas". O animal teria abatido, desde 2019, 66 bovinos e foi morto a tiros por um caçador local. O mamífero era conhecido por autoridades pelo código OSO18.

O predador tinha o apelido de "urso ninja", por conseguir desviar e escapar de todas as armadilhas que os locais colocaram durante mais de três anos de caçada.

Na tentativa de botar as mãos no ninja, a polícia espalhou diversas gaiolas com iscas e câmeras por toda a região. Mesmo avistado, o animal nunca era capturado.

Eles ainda revestiam as fazendas com cercas elétricas e máquinas que emitiam luz, para evitar os ataques, o que também não surtiu o efeito desejado.

Publicidade

“Esperamos que os residentes se sintam aliviados”, disse Seiichi Sugiyama, um funcionário do escritório regional do governo da província de Hokkaido.

Urso era perseguido havia três anos
Urso era perseguido havia três anos Urso era perseguido havia três anos

O urso foi avistado em uma fazenda no dia 28 de julho e não fugiu ao encarar o caçador, que o matou dois dias depois. Ele disse às autoridades que o predador tinha mais de 2 metros de comprimento e pesava quase 330 kg.

Publicidade

O atirador, que não teve sua identidade revelada, forneceu uma amostra de pelos, posteriormente usada para verificar a identidade do animal por meio de testes de DNA.

Estima-se que as façanhas do urso ninja tenham causado quase 23 milhões de ienes (cerca de R$ 773 mil) em prejuízo.

Urso-pardo gigante aparece atrás de pescadores em foto chocante

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.