Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ativistas jogam sopa em quadro de Van Gogh exposto em museu na Itália 

Fontes oficiais disseram que vidro colocado à frente da pintura, pintada em 1888 pelo artista holandês, evitou danos maiores

Internacional|

Ativistas grudaram a mão com cola na parede após vandalizarem obra
Ativistas grudaram a mão com cola na parede após vandalizarem obra Ativistas grudaram a mão com cola na parede após vandalizarem obra

Um grupo de ambientalistas jogou sopa, nesta sexta-feira (4), em uma pintura de Vincent van Gogh exposta em um museu de Roma, sem chegar a danificá-la, como um gesto de protesto contra a passividade da comunidade internacional em relação à mudança climática.

O Semeador, uma obra de 1888 do artista holandês que retrata um agricultor semeando sua terra sob o sol poente, estava protegida por um vidro, o que evitou que sofresse danos durante o ataque, informaram fontes oficiais.

"Meu nome é Laura e decidi me juntar às diferentes séries de ações que estão acontecendo nestes dias em vários países, porque tenho plena consciência de que ninguém, e de forma alguma, está assumindo a responsabilidade pela catástrofe ambiental que estamos vivendo", justificou uma das três jovens ativistas envolvidas na ação.

Elas integram o movimento Last Generation (Última Geração).

Publicidade

O grupo anunciou “mais ações não violentas” em todo o mundo até que os cidadãos obtenham respostas de seu governo para seus apelos para interromper o uso de gás e de carvão e investir [para gerar] pelo menos 20 GW de energias renováveis”, escreveram em um comunicado divulgado posteriormente.

"Trata-se de uma ação infame que deve ser detida e condenada", reagiu o novo ministro da Cultura, Gennaro Sangiuliano, advertindo que são ações passíveis de punição criminal.

Tomate, purê e bolo: saiba o que aconteceu com 7 obras de arte raríssimas atacadas pelo mundo

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.