Internacional Brasileiro ouve 'lambadão no talo' em Nova York e divide opiniões

Brasileiro ouve 'lambadão no talo' em Nova York e divide opiniões

Woodson Nel postou em suas redes que não esquece origem cuiabense mesmo nos EUA, e recebeu críticas e apoio

  • Internacional | Larissa Crippa*, do R7

Resumindo a Notícia
  • Brasileiro grava vídeo no carro em que se ouve 'lambadão' bem alto em Nova York e viraliza.

  • Ritmo de Cuiabá é característico da região, e ação divide opiniões.

  • Alguns internautas acham atitude 'engraçada' e outros definem como 'vergonhosa'.

  • Homem poderia ter sido multado se volume ultrapassasse nível permitido.

Woodson viralizou após ouvir 'lambadão' na Times Square

Woodson viralizou após ouvir 'lambadão' na Times Square

Reprodução Instagram/@wodson_nel

O brasileiro Woodson Nel, de 33 anos, viralizou nas redes após ouvir "lambadão" no volume máximo em meio à Times Square, famosa praça de Nova York.

O homem estava levando sua mãe para um dos aeroportos da cidade, já que ela retornaria a Mato Grosso, região de origem de Woodson, e decidiu ligar o som durante o percurso.

A atitude chamou atenção de diversos pedestres que passavam no momento, e Woodson afirmou que os americanos provavelmente ficavam surpresos com o comportamento dele.

O vídeo foi compartilhado em diferentes perfis, além do Instagram de Woodson, e a atitude dividiu opiniões. "É isso aí, mostra pra eles o que é música boa!", dizia uma internauta. "Completa falta de noção da sua parte, perturbar os outros assim", discordava outra.

Independente das opiniões da web, o ato é considerado uma infração no país, dependendo do volume do som. Em muitos estados, os condutores podem receber multas de até R$ 500 se o volume do rádio for audível a uma distância de 25 pés (7 metros) do automóvel.

Até agora, Woodson não foi autuado pelas autoridades americanas nem recebeu alerta do caso, e o homem, entusiasmado com a fama repentina, continua falando do caso e compartilhando a repercussão de seu vídeo em seus perfis pessoais. 

Mistério: conheça milionários russos que morreram sob circunstâncias suspeitas

Últimas