Internacional Campanha mundial arrecada 10,1 bilhões de euros para a Ucrânia

Campanha mundial arrecada 10,1 bilhões de euros para a Ucrânia

Informação foi dada pela presidente da Comissão Europeia; valor será destinado aos refugiados após invasão russa

AFP
Ursula von der Leyen: mobilização foi realizada pela UE e pelo primeiro-ministro do Canadá

Ursula von der Leyen: mobilização foi realizada pela UE e pelo primeiro-ministro do Canadá

Reuters - 07.04.2022

Uma campanha mundial de arrecadação de fundos para ajudar os ucranianos refugiados ou deslocados pela invasão russa conseguiu reunir 10,1 bilhões de euros (US$ 11 bilhões), informou neste sábado (9) a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

A campanha Stand Up for Ukraine (Erga-se pela Ucrânia) "arrecadou 9,1 bilhões de euros para as pessoas, dentro e fora da Ucrânia, que fugiram das bombas, e o Berd (Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento) prometeu mais um bilhão" de euros, disse Von der Leyen.

Essa mobilização, promovida pela UE e pelo primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, buscou levantar fundos para ajudar os deslocados internos na Ucrânia e os refugiados que fugiram do país por causa da guerra, afirmaram os organizadores.

Aos líderes mundiais que pediram ajuda em seus países uniram-se artistas como Elton John, Alanis Morissette, Billie Eilish, Annie Lennox e Chris Rock.

Cerca de 4,4 milhões de pessoas saíram da Ucrânia desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro. Chegaram à fronteiriça Polônia mais de 2,5 milhões desses refugiados. A ONU estima, ainda, que haja 7,1 milhões de deslocados internos no país.

Von der Leyen qualificou a arrecadação como "fantástica", durante uma reunião em Varsóvia no sábado. E "chegará mais", prometeu em nota.

"A solidariedade dos países, das empresas e das pessoas em todo o mundo lança alguma luz em horas tão escuras", acrescentou a presidente da Comissão Europeia.

"Uma vez que as bombas parem de cair, ajudaremos o povo da Ucrânia a reconstruir o país. Continuaremos o Stand Up for Ukraine", explicou Von der Leyen em alusão ao título da campanha.

O presidente ucraniano, Volodmir Zelenski, também falou por meio de uma mensagem de vídeo.

"A coragem ucraniana uniu todo o mundo democrático", disse Zelenski, pedindo às potências ocidentais que imponham mais sanções contra os bancos russos e parem de comprar  petróleo russo.

Últimas