Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Chuvas torrenciais deixam um morto e dois desaparecidos na Espanha

Pai e filho que tiveram o carro destruído por uma enxurrada são procurados; estado de alerta permanece em várias regiões

Internacional|Do R7

Carro totalmente destruído próximo a um rio na cidade de Aldea del Fresno, que foi atingida pelas chuvas. O dono do veículo e seu filho estão desaparecidos
Carro totalmente destruído próximo a um rio na cidade de Aldea del Fresno, que foi atingida pelas chuvas. O dono do veículo e seu filho estão desaparecidos Carro totalmente destruído próximo a um rio na cidade de Aldea del Fresno, que foi atingida pelas chuvas. O dono do veículo e seu filho estão desaparecidos

As chuvas torrenciais que afetam a Espanha desde o fim de semana deixaram um morto e dois desaparecidos, anunciaram as autoridades nesta segunda-feira (4).

Uma pessoa morreu no município de Casarrubios del Monte, perto da cidade de Toledo, na região de Castilla-La Mancha (centro), anunciou o presidente da região, Emiliano García-Page.

Na localidade de Aldea del Fresno, na região de Madri, duas pessoas, pai e filho, são consideradas desaparecidas depois que o veículo em que estavam foi arrastado pela cheia de um rio, informou o porta-voz dos serviços de emergência da capital, Javier Chivite.

As chuvas, provocadas pelo fenômeno meteorológico classificado como "Dana" (Depressão Isolada em Níveis Altos), afetaram em particular as regiões de Madri e de Castilla-La Mancha, com rodovias e ferrovias bloqueadas, assim como ruas inundadas.

Publicidade

Apesar da redução do nível da chuva, a Agência Estatal de Meteorologia mantém o alerta amarelo para sete regiões, incluindo Madri, Castilla-La Mancha, Catalunha, Baleares e o País Basco.

Carro e casa parcialmente destruídos após chuvas fortes em Aldea del Fresno
Carro e casa parcialmente destruídos após chuvas fortes em Aldea del Fresno Carro e casa parcialmente destruídos após chuvas fortes em Aldea del Fresno

As autoridades de Madri pediram à população que permaneça em casa na medida do possível, para evitar deslocamentos na capital, cujos acessos de entrada estavam em colapso nesta segunda-feira.

No domingo (3), os habitantes de Madri receberam um aviso de emergência inédito nos telefones celulares, com pedidos para que não utilizassem os veículos e continuassem em casa.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.