Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Contracheque que pertenceu a soldado romano há mais de 2 mil anos é encontrado em Israel

Documento escrito em papiro do ano de 72 mostra pagamento, descontos e funções exercidas pelo militar 

Internacional|Matheus Borges*, do R7


Papiro é um dos três documentos de pagamento de soldados romanos encontrados em todo o mundo
Papiro é um dos três documentos de pagamento de soldados romanos encontrados em todo o mundo

Documento do ano 72 d.C., que registrava o pagamento de um soldado romano, foi encontrado durante as escavações no palácio de Masada, em Israel, pelas Autoridades Israelenses de Antiguidades (IAA). 

O contracheque escrito em papiro teria sido encaminhado a um membro do Exército que lutou na primeira guerra judaico-romana e é um dos únicos registros de remuneração de oficiais do Império Romano encontrados em todo o mundo. 

O antigo registro apresenta informações sobre as funções exercidas pelo militar, descontos sobre vestimentas usadas e equipamentos para o cavalo, além de mostrar que estavam no segundo período de pagamento dos três que existiam durante o ano.

"Surpreendentemente, os detalhes mostram que os descontos quase superaram o salário do soldado. O documento nos dá apenas um vislumbre do pagamento que ele recebia durante o ano, mas deixa claro que, apesar dos riscos do trabalho, os soldados não ficavam no Exército pelo pagamento", afirma o doutor Oren Ableman, pesquisador e curador da IAA.

Publicidade

Ableman acrescenta que os militares romanos sempre ficavam com uma parte dos espólios da guerra, como barras de ouro ou joias. No entanto, isso não entrava no pagamento oficial e era uma das maiores fontes de renda dos soldados.

Leia também

O palácio de Masara foi construído pelo rei Herodes, o Grande, entre 37 a.C. e 31 a.C. Ele também era utilizado como forte militar, principalmente durante a guerra entre judeus e romanos.

Publicidade

Durante o conflito, apelidado de A Grande Revolta, a fortaleza foi tomada pelos sicários, grupo militar judeu especializado em assassinatos.

No entanto, foi retomada pelos romanos, pouco tempo depois, após eles terem se unido a prisioneiros dos hebreus, o que totalizou mais de 15 mil homens e mulheres.

Imagens inéditas mostram destroços do Titanic feitas em 1986 e liberadas só agora

" gallery_id="63ee1b351df97b21310003c0" url_iframe_gallery="noticias.r7.com/internacional/contracheque-que-pertenceu-a-soldado-romano-ha-mais-de-2-mil-anos-e-encontrado-em-israel-17022023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.