Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Coreia do Norte ameaça resposta 'sem precedentes' a exercícios militares de EUA e Coreia do Sul

Regime comandado por Kim Jong-un critica há muitos anos os exercícios militares conjuntos de Estados Unidos e Coreia do Sul

Internacional|Do R7

Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, que critica atividade militar dos EUA na região
Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, que critica atividade militar dos EUA na região Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, que critica atividade militar dos EUA na região

A Coreia do Norte ameaçou nesta sexta-feira (17) apresentar uma resposta "sem precedentes" aos próximos exercícios militares conjuntos dos Estados Unidos e da Coreia do Sul, que o país considera preparativos para a guerra.

A advertência aconteceu antes de uma reunião técnica prevista para a próxima semana em Washington, na qual os dois aliados discutirão possíveis respostas ao uso de armas nucleares pela Coreia do Norte. 

O regime de Pyongyang critica há muitos anos os exercícios militares conjuntos de Estados Unidos e Coreia do Sul, que considera o treinamento para uma invasão. 

"São preparativos para uma guerra de agressão", afirmou um porta-voz do ministério norte-coreano das Relações Exteriores em um comunicado. 

Publicidade

Se Washington e Seul prosseguirem com os exercícios, ambos "enfrentarão contra-ataques persistentes e enérgicos sem precedentes", acrescenta o texto.

Os exercícios da próxima semana serão concentrados no "planejamento conjunto, gestão conjunta e resposta conjunta, com os ativos nucleares de Washington" em caso de um ataque nuclear por parte da Coreia do Norte, afirmou à AFP um funcionário do ministério sul-coreano da Defesa. 

No governo do presidente Yoon Suk Yeol, a Coreia do Sul intensificou os exercícios militares com os Estados Unidos, que haviam sido reduzidos durante a pandemia de covid.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.