Internacional Dissidentes das FARC explodem carro-bomba na Colômbia

Dissidentes das FARC explodem carro-bomba na Colômbia

Pelo menos 43 pessoas ficaram feridas; maioria teve ferimentos leves, mas seis precisam de cuidados especiais, dizem autoridades

FARC foram responsabilizadas por explosão de carro-bomba na Colômbia

FARC foram responsabilizadas por explosão de carro-bomba na Colômbia

Paola Mafla/AFP - 26.3.2021

Quarenta e três pessoas ficaram feridas após a explosão de um carro-bomba diante da prefeitura do município colombiano de Corinto, departamento de Cauca (sudoeste), em um ataque atribuído neste sábado (27) às dissidências das FARC, que não aceitaram o histórico acordo de paz em 2016.

"Há 43 pessoas afetadas que estão sendo atendidas em centros hospitalares, 17 por choque, 20 com ferimentos leves e seis feridos que precisam de mais atenção", declarou o ministro da Defesa, Diego Molano, na madrugada deste sábado.

Entre as vítimas do ataque ocorrido na sexta-feira estão 13 funcionários feridos e duas mulheres grávidas.

"Este atentado (...) indiscriminado contra a população civil e neste caso contra uma instituição pública como a prefeitura é um fato insano, terrorista e que é atribuído à coluna Dagoberto Ramos", das dissidências das FARC, afirmou o ministro Molano. 

O presidente Iván Duque classificou o ataque como "absurdo" e "repulsivo" em seu programa de televisão diário. 

Últimas