Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Estado Islâmico reivindica autoria de ataque em Barcelona

Ao menos 13 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas

Internacional|Do R7, com agências internacionais

O atentado deixou ao menos 13 pessoas mortas em Barcelona
O atentado deixou ao menos 13 pessoas mortas em Barcelona O atentado deixou ao menos 13 pessoas mortas em Barcelona

O Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade pelo ataque com uma van que deixou ao menos 13 mortos e mais de cem feridos, em Barcelona, na Espanha, na tarde desta quinta-feira (17), informou a agência de notícias do grupo, a Amaq. 

De acordo com a Reuters, no comunicado eles se referiram a coalização liderada pelos Estados Unidos: "Os homens que atacaram Barcelona são soldados do Estado islâmico e levaram a cabo a operação em resposta a pedidos para direcionar os estados da coalizão.

Após simpatizantes do grupo terem comemorado o ataque nas redes sociais, o EI usou sua agência oficial de propaganda, a "Amaq", para assumir a responsabilidade pela ação na capital da Catalunha.

A reivindicação foi reproduzida no Twitter pelo SITE Intelligence Group, portal que monitora a atividade de extremistas na internet. Segundo a reivindicação, os autores do atentado são "soldados do Estado Islâmico".

Publicidade

Esse termo pode indicar que o atentado não foi planejado pela cúpula do EI, mas sim por simpatizantes da milícia jihadista na Europa.

Pelo menos 80 pessoas foram hospitalizadas e 13 morreram, disse Carles Puigdemont em entrevista coletiva. Ainda não estava claro quantos agressores estiveram envolvidos no incidente.

Publicidade

Puigdemont afirmou que pessoas estavam reunidas em hospitais de Barcelona para doar sangue.

A prefeita de Barcelona, Ada Colau, disse que a cidade terá um minuto de silêncio na sexta-feira ao meio-dia.

Publicidade

A polícia afirma ter prendido duas pessoas suspeitas de terem participado do atentado na avenida La Ramba, no centro da cidade. Segundo as autoridades, ainda não está claro qual é a participação dos suspeitos no atentado.

Um dos suspeitos do atentado morreu em um tiroteio com a Polícia em Sant Just Desvern, cidade situada a cerca de 10 km da capital catalã, segundo informações do jornal La Vanguardia. Ainda não se sabe sua identidade.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram cenário de terror em Barcelona

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.