Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

EUA, Japão e Coreia do Sul anunciam novas sanções contra a Coreia do Norte

Medidas ocorrem após série de testes de mísseis do país, incluindo o lançamento de um míssil balístico intercontinental 

Internacional|

O líder norte-coreano Kim Jong-un e sua filha se afastam de um míssil balístico intercontinental
O líder norte-coreano Kim Jong-un e sua filha se afastam de um míssil balístico intercontinental O líder norte-coreano Kim Jong-un e sua filha se afastam de um míssil balístico intercontinental

Os Estados Unidos, o Japão e a Coreia do Sul anunciaram novas sanções contra pessoas e entidades norte-coreanas em resposta à recente série de testes de mísseis de Pyongyang.

A ação de Washington, anunciada na última quinta-feira (1º), bloqueia os ativos de três funcionários do regime norte-coreano nos Estados Unidos — uma medida em grande parte simbólica contra um país isolado que desafia a pressão internacional sobre seus programas de armas.

O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos também ameaçou adotar sanções contra qualquer pessoa que efetuar transações com Jon Il Ho, Yu Jin e Kim Su Gil, identificados como diretamente envolvidos no desenvolvimento de armas.

Os lançamentos recentes de mísseis norte-coreanos, incluindo o teste de um míssil balístico intercontinental com capacidade para alcançar o território continental dos Estados Unidos, "representam graves riscos para a segurança da região e do mundo inteiro", afirmou o secretário de Estado americano, Antony Blinken, em um comunicado.

Publicidade

Blinken acrescentou que a medida foi adotada em coordenação com a Coreia do Sul e o Japão, aliados de Washington. Ele recordou que a União Europeia havia anunciado sanções similares contra os três norte-coreanos em abril.

Leia também

Tóquio e Seul também anunciaram novas sanções nesta sexta-feira (2). A Coreia do Sul aplicou medidas contra oito pessoas, incluindo um taiwanês e um cidadão de Singapura.

Publicidade

O Japão declarou que, em resposta aos "atos de provocação" de Pyongyang, congelou os ativos de três grupos norte-coreanos — Korea Haegumgang Trading Corp, Korea Namgang Trading Corp e Lazarus Group — e de um indivíduo, Kim Su Il.

O governo dos Estados Unidos expressou frustração pelo fato de a China, a principal aliada da Coreia do Norte, e a Rússia terem bloqueado os esforços do Conselho de Segurança da ONU para impor sanções mais duras contra Pyongyang.

Conheça míssil da Coreia do Norte que pode atingir os Estados Unidos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.