Internacional Governo indiano promete conter a violência contra as mulheres

Governo indiano promete conter a violência contra as mulheres

O presidente do país afirmou que aplicará política de tolerância zero

O novo governo indiano prometeu nesta segunda-feira (9) conter a violência contra as mulheres e reforçar o sistema de justiça penal, depois do estupro coletivo e assassinato de duas adolescentes no final de maio.

"O governo aplicará uma política de tolerância zero ante a violência contra as mulheres e reforçará o sistema de justiça penal", declarou no Parlamento o presidente indiano, Pranab Mukherjee, ao apresentar o programa de governo do novo gabinete dirigido por Narendra Modi.

Mulheres sob ameaça: indianas são vítimas de estupros, agressões e outros crimes brutais

Crianças indianas são estupradas em centro de ajuda

O governo de Modi, do partido nacionalista hindu BJP (Bharatiya Janata Party), que venceu as eleições legislativas em maio, também prometeu que serão construídos banheiros em todos os lares d país, e que também contarão com energia elétrica.

"A Índia não pode tolerar a indignidade de ter lares sem banheiro", afirmou o presidente.

Duas adolescentes foram achadas no final de maio enforcadas em uma árvore numa localidade humilde do distrito de Badaun, estado de Uttar Pradesh, e os legistas confirmaram que sofreram agressões sexuais.

As duas foram agredidas quando se dirigiam a um campo para fazer suas necessidades em meio à escuridão, já que, por serem de uma casta inferior, sua casa não tem sanitário.

Mulher com problemas mentais é estuprada e queimada viva na Índia

Jovem é encontrada enforcada em árvore após ser vítima de estupro na Índia

Últimas