Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Há duas semanas, simpatizantes do Estado Islâmico pediram ataques na Espanha

Um terrorista atropelou dezenas de pessoas hoje em Barcelona

Internacional|ANSA Brasil

Seguidores do EI também celebraram o atentado de hoje nas redes sociais
Seguidores do EI também celebraram o atentado de hoje nas redes sociais Seguidores do EI também celebraram o atentado de hoje nas redes sociais

O atentado terrorista em Barcelona desta quinta-feira (17) ocorreu duas semanas após simpatizantes do grupo extremista EI (Estado Islâmico) lançarem apelos nas redes sociais para atos na Espanha.

Imagens divulgadas nas redes sociais mostram cenário de terror em Barcelona

De acordo com a especialista em contraterrorismo Rita Katz, do grupo de inteligência SITE, membros do EI fizeram ameaças nas redes sociais pedindo "ataques iminentes" e a "reconquista" de Al-andalus, nome dado à Península Ibérica no século VIII, a partir do domínio do Califado Omíada.

Seguidores do EI também celebraram o atentado de hoje nas redes sociais, apesar de nenhum grupo reivindicar oficialmente o ataque, que foi cometido com uma van, a qual atropelou dezenas de pessoas na zona comercial e turística de Las Ramblas, deixando pelo menos 13 mortos e dezenas de feridos. 

As características do atentado — atropelamento massivo com van ou caminhões — também são táticas muito promovidas pelo Estado Islâmico.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.