Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Homem atira em quatro pessoas, incluindo uma menina de seis anos, na Carolina do Norte (EUA)

Robert Louis Singletary, de 24 anos, cometeu o ataque depois que uma bola de basquete rolou e caiu no quintal dele

Internacional|Do R7

Robert Louis Singletary, de 24 anos, é suspeito do crime
Robert Louis Singletary, de 24 anos, é suspeito do crime Robert Louis Singletary, de 24 anos, é suspeito do crime

Robert Louis Singletary, de 24 anos, atirou em uma menina de seis anos e no pai dela depois que a bola de basquete deles caiu no quintal dele, informou a rede de notícias BBC. Eles ficaram gravemente feridos. Outras duas vítimas, uma mulher e um homem, foram atingidas de raspão. O crime ocorreu na terça-feira (18) em Gaston, no estado americano da Carolina do Norte.

O homem enfrenta quatro acusações de tentativa de homicídio em primeiro grau. A polícia também o acusou de duas acusações de agressão com arma letal com intenção de matar e uma acusação de posse de arma de fogo por um criminoso. Ele já era conhecido da polícia por supostamente agredir a namorada com uma marreta, uma espécie de martelo.

Um vizinho relatou a repórteres da BBC que o tiroteio começou depois que uma bola de basquete rolou para o quintal do suspeito e eles foram até lá para buscá-la.

"Eles estavam jogando basquete e uma bola rolou no quintal dele [de Singletary]. Eles foram buscá-la. Foi uma loucura", afirmou Jonathan Robertson, que mora no bairro de Gaston County. "Nunca esperávamos isso em um milhão de anos. Nunca esperávamos que alguém sacasse uma arma entre todas aquelas crianças."

Continua após a publicidade

A menina de seis anos, que não foi identificada pela BBC devido à idade, disse que "a bala voltou [...] e entrou na minha bochecha". Ela acrescentou que o pai permanece no hospital, tratando um pulmão perfurado e problemas hepáticos depois de levar um tiro nas costas.

Singletary não foi preso e segue foragido. O chefe Zill, da Polícia do Condado de Gaston, informou que os agentes realizaram "uma busca em larga escala durante a noite [...] e uma parceria com a Força-Tarefa Regional de Fugitivos Marechais dos Estados Unidos" para ajudar a capturá-lo.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.