Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Irã cogita se reunir com outras nações na ONU para discutir retomada de acordo nuclear

As negociações anteriores entre o país e os Estados Unidos fracassaram 

Internacional|Do R7


Bandeira do Irã hasteada em Viena, capital da Áustria
Bandeira do Irã hasteada em Viena, capital da Áustria

O Irã não descarta a possibilidade de uma reunião com potências mundiais, à margem da Assembleia Geral anual da ONU, em Nova York, sobre a retomada do acordo nuclear de 2015, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Nasser Kanaani, nesta segunda-feira (19)

Meses de negociações indiretas entre o Irã e os Estados Unidos fracassaram devido a várias questões, incluindo a insistência de Teerã de que a AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) encerre uma investigação sobre vestígios de urânio encontrados em três locais não declarados e uma garantia dos americanos de que não deixariam acontecer nenhum acordo nuclear novamente.

"Ali Bagheri Kani, o principal negociador nuclear, estará presente na Assembleia Geral como parte da delegação, mas não há um plano específico para discutir o acordo nuclear. No entanto, não descarto a possibilidade de negociações sobre o acordo nuclear", disse Kanaani.

Ele afirmou que Teerã nunca saiu da mesa de negociações.

Kanaani, porém, descartou a possibilidade de um encontro bilateral entre autoridades iranianas e americanas em Nova York. Teerã e Washington não mantêm relações diplomáticas desde 1979 e permanecem em desacordo sobre muitas questões.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.