Internacional Justiça americana ordena liberação de informações sobre ataques com drones

Justiça americana ordena liberação de informações sobre ataques com drones

Um tribunal de Nova York ordenou que o governo americano libere a motivação

Tribunal ordenou a liberação de acesso ao documento

Tribunal ordenou a liberação de acesso ao documento

MASSOUD HOSSAINI / AFP

Um tribunal de Nova York ordenou nesta segunda-feira (21) que o governo americano torne público em parte seu documento que justifica os ataques com aviões sem piloto (drones) contra suspeitos de terrorismos, incluindo cidadãos americanos.

Em uma decisão de 56 páginas, a corte deu razão ao The New York Times e a dois de seus jornalistas, que pediam acesso à informação com base na lei sobre a liberdade de imprensa. A influente organização de direitos civis Aclu (União Americana pelas Liberdades Civis, na sigla em inglês) apoiou o jornal na ação.

Os três juízes decidiram por unanimidade que "o objetivo dos demandantes não era questionar a legalidade dos ataques de drones ou a morte de civis, mas sim obter informação sobre os ataques".

O tribunal considerou que "não havia nenhuma razão em manter em segredo" informações que já haviam sido objeto de diversas declarações públicas.

Últimas