Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Macron convoca eleições legislativas, após reconhecer derrota nas eleições da UE

Presidente francês dissolveu o parlamento

Internacional|Do Estadão Conteúdo

Emmanuel Macron e Lula
Emmanuel Macron encontrou Lula em visita ao Brasil em março Emmanuel Macron e Lula (Ricardo Stuckert/PR - 28.03.2024)

O presidente francês, Emanuel Macron, convocou eleições legislativas antecipadas, após reconhecer que o seu partido sofreu uma pesada derrota nas eleições para o Parlamento Europeu que se encerram neste domingo (9). A votação ocorrerá em dois turnos: 30 de junho e 7 de julho, disse ele.

”Decidi devolver a eleição do nosso futuro parlamentar por meio da votação. Estou, portanto, dissolvendo a Assembleia Nacional”, afirmou, num discurso à Nação no Palácio do Eliseu, sede do governo.

A medida ocorre no momento em que os primeiros resultados projetados pela França neste domingo (9) colocam o partido de extrema-direita bem à frente nas eleições parlamentares da UE, derrotando os centristas pró-europeus de Macron, de acordo com institutos de pesquisa de opinião franceses.

Na França, de acordo com as primeiras sondagens, o partido de extrema-direita de Marine Le Pen obteve 32% dos votos, avanço de 10 pontos porcentuais em relação às últimas eleições na UE em 2019, e cerca de 17 pontos à frente do partido de Macron, revelando uma pesada derrota para o presidente francês.

Mais cedo, o líder do partido francês de extrema-direita, Jordan Bardella, de 28 anos, instou Macron a convocar novas eleições legislativas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.