Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Motorista de van do ataque em Barcelona está entre mortos pela polícia em Cambrils, diz mídia

Outros dois suspeitos do atentado também estavam entre os cinco mortos no tiroteio

Internacional|Do R7, com agências internacionais

Moussa Oukabir, de 17 anos, seria o motorista da van que atropelou uma multidão em Barcelona
Moussa Oukabir, de 17 anos, seria o motorista da van que atropelou uma multidão em Barcelona Moussa Oukabir, de 17 anos, seria o motorista da van que atropelou uma multidão em Barcelona

O motorista da van que atropelou uma multidão em Barcelona na quinta-feira (17), matando 13 pessoas e deixando mais de uma centena de feridos, está entre os cinco homens mortos a tiros pela polícia na cidade catalã de Cambrils horas depois, segundo o jornal espanhol El País nesta sexta-feira (18). Ele foi identificado como Moussa Oukabir, de 17 anos.

Moussa é irmão de Driss Oukabir, um dos suspeitos detidos e que teria se apresentado à polícia após o ataque se dizendo inocente e que seus documentos tinham sido roubados.

Nascido em Ripoll, na Província de Girona, Espanha, ele tinha nacionalidade e passaporte marroquinos.

Além de Moussa, outros suspeitos do ataque estariam entre os mortos. Eles foram identificados como os marroquinos Mohamed Hychami, de 24 anos, e Said Aallaa, de 22.

Publicidade

Já Younes Abouyaaqoub, de 18 anos, também do Marrocos, ainda estaria sendo procurado pelas autoridades.

A célula terrorista que fez atentados em Las Ramblas e em Cambrils estava planejando "há muito tempo" os ataques realizados nesta quinta-feira (15), informou o comandante da polícia catalã, Josep Lluis Trapero, em coletiva nesta sexta-feira (18). E os planejava "ainda maiores".

Publicidade

De acordo com o chefe policial, a explosão ocorrida em uma casa de Alcanar, na última quarta-feira (16), onde o grupo planejava a ação e preparava os explosivos, acabou "mudando" os planos dos terroristas e eles "se obrigaram a atuar de forma mais rudimentar".

Trapero confirmou a prisão de quatro pessoas relacionadas ao atentado. Três deles eram marroquinos e um espanhol e nenhum tinha um histórico de ligação com grupos terroristas. O mais jovem dos presos tem 21 anos, enquanto os demais tem 27, 28 e 34 anos.

Publicidade

Espanha lança operação antiterrorismo na Catalunha após ataques

Testemunha de ataque em Barcelona, australiana já tinha escapado de outros dois atentados na Europa em 3 meses

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.