Guerra Israel x Hamas

Internacional Manifestantes vão às ruas em vários países após explosão em hospital em Gaza

Manifestantes vão às ruas em vários países após explosão em hospital em Gaza

Grandes concentrações ocorreram em Amã, Tunísia, Beirute, Damasco, cidades do Egito e capitais de países não árabes

AFP
Resumindo a Notícia
  • Manifestantes de vários países expressaram indignação após explosão em hospital de Gaza.

  • Concentrações ocorreram em Amã, Tunísia, Beirute, Damasco e capitais de países não árabes.

  • Ataque deixou cerca de 500 mortos e foi atribuído a Israel pelo grupo terrorista Hamas.

Pessoas protestam em Amã, capital da Jordânia

Pessoas protestam em Amã, capital da Jordânia

Khalil Mazraawi/AFP - 18.10.2023

Manifestantes de vários países expressaram nesta quarta-feira (18) sua indignação em relação à explosão em um hospital na Faixa de Gaza que deixou cerca de 500 mortos, atribuído a Israel pelo grupo terrorista Hamas. Grandes concentrações ocorreram em Amã, Tunísia, Beirute, Damasco, diversas cidades do Egito e capitais de países não árabes, como Berlim, na Alemanha, e Praga, na República Tcheca.

O Hamas, movimento islâmico palestino que controla o território, acusa Israel de ser o responsável pelo ataque. O Exército israelense rejeitou as acusações e atribuiu o ataque a um lançamento malsucedido de foguetes da Jihad Islâmica, aliada ao Hamas, que classificou essas acusações de "mentiras".

Em frente à embaixada de Israel em Amã, cerca de 5.000 jordanianos se reuniram para exigir a expulsão da missão diplomática israelense após o ataque. As forças de segurança bloquearam as estradas que levavam à embaixada, mas a manifestação ganhou força, em meio à fúria nas ruas da Jordânia, país que abriga um grande número de refugiados palestinos.

Na Tunísia, milhares de manifestantes pró-palestinos se reuniram em frente à embaixada da França e condenaram o apoio ocidental a Israel. Alguns carregavam bandeiras palestinas, enquanto outros exigiam a expulsão do embaixador. Eles acusaram a França de fazer parte dos "aliados ocidentais dos sionistas".

Manifestantes protestam na Tunísia após explosão em hospital de Gaza

Manifestantes protestam na Tunísia após explosão em hospital de Gaza

Fethi Belaidi/AFP - 18.10.2023

No Líbano, centenas de pessoas com bandeiras palestinas e do Hezbollah participaram de uma manifestação convocada pelo partido xiita nos subúrbios do sul de Beirute. Nesta quarta-feira, o primeiro-ministro provisório do país, Najib Mikati, decretou um dia de luto nacional.

Em Damasco, a capital síria, centenas de pessoas se reuniram perto do Parlamento. Muitas delas usavam camisetas com a imagem do presidente Bashar al-Assad.

Milhares de egípcios também se manifestaram em diferentes cidades, segundo imagens divulgadas pelos veículos de comunicação locais e nas redes sociais.

Furiosos após explosão em hospital, manifestantes protestam perto da Embaixada dos EUA no Líbano

Últimas