Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Rússia considera imoral não ter sido convidada para funeral real

Velório da rainha para chefes de Estado será realizado na próxima segunda-feira (19), em Londres, na Inglaterra

Internacional|Do R7

Rainha Elizabeth 2ª e Vladimir Putin em visita russa a Londres, Inglaterra, em 2003
Rainha Elizabeth 2ª e Vladimir Putin em visita russa a Londres, Inglaterra, em 2003 Rainha Elizabeth 2ª e Vladimir Putin em visita russa a Londres, Inglaterra, em 2003 (REUTERS)

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia classificou nesta quinta-feira (15) de "profundamente imoral" a decisão do Reino Unido de não convidar representantes para assistir ao funeral da rainha Elizabeth 2ª na próxima segunda-feira (19).

"Vemos como profundamente imoral a tentativa britânica de usar uma tragédia nacional, que tocou o coração de milhões de pessoas em todo o mundo, para fins geopolíticos para ajustar contas com nosso país em alguns dias de luto", disse a porta-voz do ministério russo, Maria Zakharova, em comunicado.

Zakharova explicou que o Ministério das Relações Exteriores britânico informou à Embaixada da Rússia em Londres sobre a decisão de "se abster" de enviar um convite para representantes do país.

"Como desculpa para esse passo, os britânicos mencionaram a atual operação militar especial da Rússia na Ucrânia", declarou.

Publicidade

A diplomata lembrou que durante a Segunda Guerra Mundial Elizabeth 2ª serviu "nas fileiras da defesa territorial do Exército britânico lutando contra os nazistas e seus cúmplices ucranianos".

Zakharova, que ressaltou que a falecida monarca evitava se envolver nos assuntos de governo, transmitiu as "profundas condolências" russas ao povo britânico pela "grande perda".

Publicidade

Leia também

Na semana passada, Putin enviou um telegrama de condolências pela morte da rainha, no qual destacou a "autoridade no cenário mundial", seguido de um telegrama parabenizando Charles 3º pela proclamação oficial como novo monarca do Reino Unido.

Segundo o Palácio de Buckingham, Elizabeth 2ª será enterrada na próxima segunda-feira (19) no Castelo de Windsor, onde estão os restos mortais de seu marido, o duque de Edimburgo, que morreu em 2021.

Bolsonaro e Biden dentro, Putin fora: veja líderes mundiais que irão ao funeral de Elizabeth 2ª

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.