Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Serial killer que matou 193 crianças e adolescentes pode deixar a prisão por bom comportamento

Luis Alfredo Garavito confessou ter assassinado jovens entre 8 e 16 anos e recebeu mais de 50 longas sentenças

Internacional|Do R7

Luis Alfredo Garavito matou 193 pessoas, entre crianças e adolescentes
Luis Alfredo Garavito matou 193 pessoas, entre crianças e adolescentes Luis Alfredo Garavito matou 193 pessoas, entre crianças e adolescentes

O colombiano Luis Alfredo Garavito, serial killer que matou 193 pessoas, entre crianças e adolescentes, poderia sair da prisão em meses por bom comportamento. Ele confessou ter matado cerca de 190 crianças, com idade entre 8 e 16 anos. As informações são do tabloide britânico The Daily Star.

Garavito recebeu mais de 50 longas sentenças, mas a Colômbia limita as penas de prisão a 40 anos e permite a soltura antecipada por bom comportamento, uma vez que metade da pena tenha sido cumprida. Este ano marca metade da sentença do assassino, e autoridades afirmam que a soltura dele é uma possibilidade "muito real".

Garavito foi preso em 1999, inicialmente por tentativa de estupro. Sob custódia, ele confessou a autoria de 114 assassinatos. Em outras oportunidades, confessou ter feito mais vítimas, chegando ao número de 193 conhecidas atualmente.

"Peço-lhe que me perdoe por tudo o que fiz e tudo o que vou confessar. Sim, eu os matei, e muitos outros", afirmou Garavito. Ele teria dito ao juiz que foi repetidamente estuprado por seus dois vizinhos e espancado por seu pai quando era mais novo.

Garavito mostrou ao juiz sua contagem de assassinatos, que mantinha dentro de um caderno. O assassino havia desenhado 140 linhas nas páginas, uma para cada vítima.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.