Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Turquia prende quatro por posts 'provocativos' sobre terremoto

As autoridades consideraram falsas as afirmações feitas pelos jovens e informaram que casos similares terão o mesmo destino 

Internacional|Larissa Crippa*, do R7

Na Turquia, foram contabilizados quase 3.500 mortos nesta manhã, terça feira (7)
Na Turquia, foram contabilizados quase 3.500 mortos nesta manhã, terça feira (7) Na Turquia, foram contabilizados quase 3.500 mortos nesta manhã, terça feira (7)

A polícia turca anunciou nesta terça-feira (7) que deteve quatro pessoas que postaram mensagens polêmicas em suas mídias sociais que tratavam sobre o devastador terremoto, de magnitude 7,8 que atingiu ontem o sudeste do país. Os internautas afirmaram que estavam presenciando negligências por parte da equipe de resgate.

A prisão foi decretada sobre a justificativa de que os usuários teriam "postado mensagens provocativas para gerar medo e pânico", explicou a polícia em comunicado. O terremoto, seguido por fortes tremores secundários, causou mais de 5.000 mortes na Turquia e na vizinha Síria até agora, de acordo com as últimas estimativas fornecidas pela AFP.

As autoridades locais também garantiram que outras investigações estão em andamento. As plataformas digitais estão repletas de mensagens criticando a falta de comprometimento dos serviços de resgate em certas áreas, especialmente Hatay.

Desde outubro do ano passado, está em vigor na Turquia uma lei sobre desinformação que pune a divulgação de “notícias falsas” com até três anos de prisão. A polícia turca disse que as informações são checadas, de qualquer forma.

Publicidade

"As informações de endereço e localização dos cidadãos que pedem ajuda são imediatamente verificadas e uma checagem é feita", explicaram em comunicado.

Leia também

Fica díficil mensurar a eficácia das autoridades locais com uma tragédia nessa escala, mas diversos países como a Rússia, Estados Unidos e até o Brasil, estão mobilizando forças para auxiliar a Síria e a Turquia. Entre o envio de novas tropas, recursos e ajuda humanitária, a capacidade de salvamento deve aumentar nas próximas horas. 

*Estagiária do R7, sob supervisão de Raphael Hakime

Terremoto na Turquia: policial que ajuda nas buscas consegue achar a própria filha embaixo de entulho

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.