Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Prigozhin falou sobre ameaças à sua vida dias antes de queda de avião

Líder do grupo Wagner após a aeronave em que ele estava cair nos arredores de Moscou, no último dia 23 de agosto

Internacional|

Um vídeo recém-lançado do chefe mercenário russo Yevgeny Prigozhin, publicado na quinta-feira (31) pelo canal Gray Zone Telegram, vinculado ao grupo Wagner, mostra o líder mercenário na África poucos dias antes de sua morte. As imagens sugerem que ele estaria preocupado com seu bem-estar e possíveis ameaças à sua segurança.

A agência de notícias Reuters não conseguiu verificar o local ou a data exatos em que o vídeo foi filmado, mas é sabido que as imagens são recentes. Segundo o próprio Prigozhin, o registro foi feito no "fim da segunda quinzena de agosto de 2023".

"Para todos que estão discutindo se estou vivo ou não e como estou. Atualmente é fim de semana da segunda quinzena de agosto de 2023. Estou na África", afirma Prigozhin vídeo.

"Então, para aqueles que gostam de especular sobre minha vida privada, meu trabalho lá ou qualquer outra coisa: está tudo bem", acrescentou o líder mercenário.

No último dia 23 de agosto, Prigozhin morreu após o avião em que ele estava, que voava de Moscou para São Petesburgo, cair ao norte de Moscou, matando todas as dez pessoas a bordo. A tripulação incluia duas outras figuras importantes do grupo Wagner, quatro guarda-costas de Prigozhin e uma tripulação de três pessoas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.