Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Volodmir Zelenski pede para discursar em cúpula do Mercosul

Informação foi divulgada pelo presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, que consultará líderes de Argentina, Brasil e Uruguai

Internacional|

Presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, em discurso em Kiev
Presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, em discurso em Kiev Presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, em discurso em Kiev

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, afirmou nesta segunda-feira (11) que seu país iniciou consultas com Brasil, Argentina e Uruguai a pedido do presidente da Ucrânia, Volodmir Zelenski, para dar uma mensagem aos países do Mercosul.

Em conversa com jornalistas na cidade de Ñemby, localizada no Departamento Central, Benítez disse que seu ministro das Relações Exteriores, Julio César Arriola, "está fazendo consultas" sobre o pedido do mandatário ucraniano para se dirigir aos presidentes do bloco durante a cúpula de 21 de julho, em Assunção.

"Assim que tivermos a resposta, veremos se ele participa ou, em todo caso, se temos um diálogo com os presidentes que querem fazer uma reunião virtual", explicou.

Sem entrar em mais detalhes, o presidente disse que Zelenski manifestou seu interesse em contar o que está acontecendo em seu país e que os líderes do Mercosul "conhecem sua versão de tudo o que o povo ucraniano está vivenciando".

Publicidade

Arriola anunciou na semana passada que Zelenski conversou por telefone com o presidente do Paraguai, cujo país ocupou a presidência pro tempore do Mercosul no primeiro semestre do ano.

Um dia antes da reunião presidencial, acontecerá a 60ª Reunião Ordinária do Conselho do Mercado Comum, órgão máximo desse mecanismo responsável pela liderança política do processo de integração e da tomada de decisões.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.