Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Barroso vota contra manter TR na correção do FGTS

O ministro é relator da ação e defende que o rendimento do FGTS não pode ser inferior ao da caderneta de poupança

Boletim JR 24H|

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, votou nesta quinta (20) para derrubar a correção do FGTS pela taxa referencial. O ministro é relator da ação e defende que o rendimento do FGTS não pode ser inferior ao da caderneta de poupança.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.