Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Justiça suspende pagamento de mais de R$ 500 mil em férias atrasadas a Domingos Brazão

Ele está preso por suspeita de ser um dos mandantes da morte da vereadora Marielle Franco

Boletim JR 24H|

A Justiça do Rio de Janeiro suspendeu o pagamento de mais de R$ 500 mil de férias atrasadas a Domingos Brazão. Brazão esteve afastado do Tribunal de Contas por seis anos por suspeita de corrupção. Nesse período, ele continuou recebendo salários e benefícios. O conselheiro do Tribunal de Contas do estado está preso por suspeita de ser um dos mandantes da morte da vereadora Marielle Franco.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.