Boletim JR 24H Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, deixa o presídio no Rio de Janeiro

Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, deixa o presídio no Rio de Janeiro

A juíza responsável pelo caso manteve a prisão de dr. Jairinho

Monique Medeiros, a mãe do menino Henry Borel, deixou a penitenciária na noite desta terça-feira (5) após autorização da Justiça do Rio de Janeiro. Ela vai cumprir prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica e tem cinco dias para realizar a instalação do equipamento. Monique não poderá manter contato com testemunhas do caso e está proibida de de ficar no apartamento onde Henry Borel foi morto no ano passado. A juíza do caso manteve a prisão de dr. Jairinho e o casal aguarda a última audiência para saber se irá à júri popular por homicídio triplamente qualificado.

Veja ainda nesta edição do Boletim JR 24H: negociações entre Rússia e Ucrânia seguem travadas após ataque à cidade de Bucha.

Últimas