Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Perito do IML confirma que Henry Borel morreu por rompimento do fígado

O laudo do IML apontou uma série de lesões internas como causa da morte do menino, em março do ano passado

Boletim JR 24H|Do R7

Testemunhas são ouvidas em audiência do caso Henry Borel, no Rio de Janeiro. Os advogados convocaram um perito e o legista do IML que assinou o laudo de necropsia. Jairinho, que está preso, acompanhou por videoconferência. A defesa contesta o laudo da morte, foi apresentado um raio-x que comprovaria que manobras de ressuscitação feitas por médicos podem ter provocado as lesões na criança. O laudo do IML apontou uma série de lesões internas como causa da morte do menino, em março do ano passado.

Veja também nesta edição do Boletim JR 24 Horas: Em São Paulo, motoristas e cobradores de ônibus prometem greve para a próxima segunda-feira (6).

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.