Boletim JR 24H Policial militar mata mulher durante discussão e casos de feminicídio disparam em São Paulo

Policial militar mata mulher durante discussão e casos de feminicídio disparam em São Paulo

E ainda: 11 alpinistas morrem e outros 12 estão desaparecidos após erupção de vulcão na Indonésia

Mais uma mulher foi vítima de feminicídio em São Paulo. Desta vez, o crime foi cometido por um policial militar, na zona norte da capital paulista. O soldado, identificado como Thiago Cesar de Lima, de 36 anos, atirou três vezes em Erika Satelis Ferreira, de 33. Eles discutiram dentro do carro da vítima, no bairro de Perus. Câmeras de segurança flagraram o momento em que ela parou o veículo e tentou puxar o soldado, que estava no banco de trás. Em seguida, dois disparos foram dados. O PM colocou a vítima no carro e seguiu para o pronto-socorro, mas ela já chegou ao hospital sem vida. O policial foi preso em flagrante. De janeiro a outubro deste ano, houve 393 tentativas de feminicídios em São Paulo. Com 12 casos de ameaças contra mulheres a cada hora. Veja também: 11 alpinistas morrem e outros 12 estão desaparecidos após erupção de vulcão na Indonésia.

Últimas