Boletim JR 24H Vencedor do Nobel da Paz é acusado de violar lei trabalhista 

Vencedor do Nobel da Paz é acusado de violar lei trabalhista 

A defesa dele alega inocência e que a condenação tem motivação política

A Justiça de Bangladesh condenou o vencedor do prêmio Nobel da Paz a seis meses de prisão. Muhammad Yunus, de 83 anos, é acusado de violar a legislação trabalhista por não criar um fundo de assistência social aos funcionários. Ele pagou fiança e vai poder recorrer em liberdade. Yunus é banqueiro e venceu o Nobel em 2006 por tirar milhões de pessoas da pobreza ao conceder microcréditos.

Últimas