JR na TV Americanas pede extensão dos efeitos de recuperação judicial nos EUA

Americanas pede extensão dos efeitos de recuperação judicial nos EUA

A empresa disse à agência de notícias Reuters que isso não representa um pedido de recuperação judicial

A Americanas, uma das maiores redes de varejo do país, pediu nesta quarta-feira nos Estados Unidos, uma extensão dos efeitos de proteção assegurados no processo de recuperação judicial no Brasil. A empresa disse à agência de notícias Reuters que isso não representa um pedido de recuperação judicial naquele país, como o aceito pela justiça do Rio de Janeiro na semana passada. A rede deve R$ 43 bilhões para bancos, fornecedores, funcionários e outros credores. A crise foi deflagrada depois que a rede varejista descobriu uma falha no balanço, em valor que chega a R$ 20 bilhões.

Últimas