Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Após três anos preso, porteiro de 35 anos consegue liberdade na Justiça

Segundo a Defensoria Pública, os processos se baseiam apenas em fotos tiradas das redes sociais

JR na TV|Do R7

Um porteiro de 35 anos conseguiu na Justiça a liberdade depois de passar três anos preso. Ele responde a mais de 60 processos que, segundo a Defensoria Pública, se baseiam apenas em fotos tiradas das redes sociais. Paulo, um homem negro, entrou na lista de suspeitos sob a justificativa de que ele se encaixava no perfil descrito pelas vítimas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.