Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

BH: guarda municipal é afastado após abordar paciente violentamente em hospital

Versões do guarda e da paciente sobre a abordagem diferem

JR na TV|

Um guarda civil municipal foi afastado depois de ter abordado, com violência, uma paciente em uma unidade de saúde de Belo Horizonte (MG). A mulher foi até a unidade buscar uma receita para medicamentos controlados. O guarda apontou uma arma de choque na direção do rosto da mulher quando ela parecia tentar sair da unidade; em seguida, ele empurrou a paciente contra o muro e a derrubou com uma rasteira. Mesmo caída, a vítima foi atingida com a arma de choque. Vanice, a vítima, sofre de esquizofrenia e bipolaridade, e faz uso de sete remédios controlados. Ela diz ter ido à unidade buscar uma receita médica, e então começou a ser seguida pelo guarda. A versão do guarda civil, que consta no boletim de ocorrência, é que a paciente foi informada que a médica que daria a receita só atenderia na segunda-feira. Horas depois, a mulher teria voltado exaltada e invadido um consultório durante um atendimento; segundo o guarda, ela também teria insultado os agentes no local e ameaçado buscar uma arma em casa.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.