JR na TV Farmácia Popular gastou mais de R$ 7 milhões com pacientes que já morreram, aponta CGU

Farmácia Popular gastou mais de R$ 7 milhões com pacientes que já morreram, aponta CGU

O relatório do órgão de controle do governo federal identificou irregularidades entre 2015 e 2020

A Controladoria-Geral da União identificou que o programa Farmácia Popular pagou remédios para pessoas que já morreram. O prejuízo aos cofres públicos passou dos R$ 2 bilhões. O relatório do órgão de controle do governo federal identificou irregularidades entre 2015 e 2020, durante os governos de Dilma Rousseff, Michel Temer e Jair Bolsonaro.

Últimas