JR na TV Ministros do STF criticam aprovação da PEC que limita decisões individuais dos magistrados

Ministros do STF criticam aprovação da PEC que limita decisões individuais dos magistrados

Luís Roberto Barroso, presidente da corte, disse que já houve ajustamento do regimento interno

Os ministros do Supremo Tribunal Federal reagiram duramente à aprovação pelo Senado da proposta de emenda à Constituição que limita poderes dos ministros do STF. O presidente da corte, Luís Roberto Barroso, iniciou a sessão desta quinta-feira (23) com um discurso crítico, dizendo que a corte já ajustou o regimento interno para adequar as regras de decisões individuais dos ministros. Os ministros Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes também criticaram a proposta aprovada por senadores. Mendes afirmou que “Esta casa não é composta por medrosos. Este Supremo Tribunal Federal não admite intimidações”. O texto foi aprovado por 52 senadores, três a mais do que o mínimo necessário. Entre eles, o líder do governo, Jaques Wagner, único integrante do PT e da base aliada do Presidente Lula que deu aval à iniciativa. A Pec segue agora para análise no Congresso.

Últimas