Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Motorista de carro de luxo que matou homem diz que dirigia só um pouco acima do limite de velocidade

O pedido de prisão temporária de Fernando Sastre Filho foi negado

JR na TV|

A Justiça de São Paulo negou o pedido de prisão temporária do motorista da porsche que se envolveu em um acidente que matou um motorista de aplicativo. No depoimento, ele reconheceu que diria um pouco acima da velocidade permitida, mas que não fugiu do local. Para a polícia e o Ministério Público, a prisão temporária era necessária para que testemunhas não se sentissem ameaçadas com a liberdade de Fernando Sastre Filho.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.